♥♥ O amor é um sentimento que nem sempre traz felicidade.Teria alguém se apaixonado, amado, sem nunca ter sofrido, chorado? No final de um grande amor sempre vem a solidão é que um grande amor um dia chega ao fim. O coração nem sempre responde à razão. Ou melhor, ele nunca responde à razão! Como eu queria entender, esse meu coração. Ama sem ter razão e não quer te esquecer!


online aqui l já estiveram aqui
HomeAsk meF.A.QTumblrTwitterFacebookCréditos

natalia--nunes:
Oi, me divulga sou nova aqui, bjs

ok 



Anonymous:
Saudadees

 annnw >< ’ quem e ? 



Anonymous:
Se você amar demaiis uma pessoa , e ela ja te traiu mas de cinco vez e vc a queer de volta , o que vc faaz pra esquecer ?

   todo fala que não perdoaria traição , mais e a saudade de estar com a pessoa so na hora pra saber ! 

Mais se eu quisese ela de volta , daria uma chance pois nn guardo maguas mais se ela te traiu e porque nn te merecia e u faria o possivel e impossivel pra não pensar nela comessaria ficar perto de amigos e familiares e deletar tudo que faz lembra essa pessoa pois nenhum sofrimento e eterno uma hora passa ! se indentifica ? 



Anonymous:
ée dee Ondee ?

Jaraguá z/O



meu-coracao-aflito-e-manso:
Seguindooo, segue também? *-*

seguindo de volta >< 




"Uma agonia doida. Um vazio. Uma vontade de sair da própria pele e telefonar, só pra te ouvir falando suas monossílabas pra dentro." 

Gabito Nunes  (via dedetetizar)

(Source: dearwoman, via vestigios-do-meu-coracao)



O que eu faço com essa vontade de morrer? =[ 

(Source: vestigios-do-meu-coracao)



"Tu não sabe o impacto que tu tem sobre mim. Não sabe como é difícil te ver um dia bem e no outro dia já todo feliz. Eu não sou dessas gurias que “deixa livre” ou “se for pra ser feliz, que seja sem mim… Mas que seja feliz.” Não sou assim. Sou egoísta pra caralho, e não aceito perder. Só que é foda quando a gente acha que supera e aí tu vem e renova aquela esperança. Mas no final tu sempre me ilude, ou melhor, eu sou a iludida. Achando que algo possa rolar entre nós. Eu odeio você cara, demais. Odeio por ser assim, odeio por renovar a esperança que tá apagada aqui dentro. Odeio por me fazer tão bem, e ao mesmo tempo tão mal. Odeio você por fazer eu gostar de ti cada vez mais, mesmo eu negando. Eu te odeio por cada vez que eu te “supero”, você vem e muda tudo. Bagunça tudo que já estava arrumado aqui dentro, e muda todas as minhas expectativas. Eu odeio por ter que te ver feliz com ela, mesmo eu querendo te fazer feliz mais que tudo. Eu te odeio por te querer tanto e não poder te ter. Te odeio por não me querer. Eu odeio você guri, mas ao mesmo tempo eu gosto tanto de ti. E sei lá, eu acho que não é paixão. Paixão passa rápido, e o que eu sinto não passou até agora. Eu te odeio por tentar encontrar em todos o seu jeito, a sua personalidade, o seu jeito de estar com ciúmes, e não conseguir. Eu odeio você com a mesma intensidade que eu te amo. Eu te odeio por sempre tá escrevendo pra ti, e sempre me decepcionando contigo. Eu me odeio por precisar tanto de ti.

Eu odeio você, odeio esse seu jeito e até esse teu sorriso. Odeio a tua voz, e principalmente o jeito que tu me chama de “chata”. Lizz Vieira, (d-esumana)

(via vestigios-do-meu-coracao)



Página 1 de 555 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 »